A imagem da mulher feiticeira como expressão da diferença de gênero em Roma: os poemas de Horácio e Ovídio

Os fenômenos conhecidos como magia, feitiçaria e bruxaria, têm despertado um grande interesse em estudiosos de diversas áreas como Antropologia, Arqueologia e História. Nosso interesse inicial pelo tema foi despertado durante o mini-curso “Magia e Poder no Império Romano”, ministrado pelo Prof. Dr. Gilvan Ventura da Silva[i], por ocasião do XX Encontro Nacional de Estudantes de História, no ano de 2000, na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

A imagem da mulher feiticeira como expressão da diferença

Fonte: Klepsidra Revista Virtual de História – 27ª edição – Ano VI

Anúncios

Sobre Arnoni

Professor de História - Nosso Negócio é fazer história...
Esse post foi publicado em Artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s